Missões

Galáxia Aenther-rys.
Diário das missões.
Direitos reservados aos jogadores desta instalação.

Atençãocopyright: os criadores-escritores, respeitam a Lei de Direitos Autorais e estão divulgando sua própria obra escrita. Qualquer cópia integral ou em trechos dos textos, conteúdo escrito, desta página para outra home page é proibida sem autorização prévia dos autores. Todos os textos, contos e outros artigos escritos na Base Antares / Galáxia Aenther-rys estão protegidos pela Lei do Direito Autoral – 9.610/98 com direitos reservados para seus respectivos autores e ou autoras.

Estes relatórios são oriundos da Armada Imperial, liberados pelo Conselho Imperial e com a chancela da Imperatriz Al’Lein-daz no Ano Imperial de 5625. Todos os relatos foram datagravados nas respectivas instalações do Império, todos os cristais originais fonte das informações foram guardados em local secreto. Relatos de outros governos foram inseridos por testemunho das Hordas da coligação Vestia Flama, Piratas e negociadores capturados, há também relatos dos governos independentes de Sernan, Talir e Dennan, fieis ao Império.

Participantes e autores:
Adriana B. Portes. Alex Werner. Cláudio Gouveia. Sílvia S. Costa. Vanessa Albuquerque.

Ano Imperial Diário de bordo das missões.
Dia 211 AI 5625 – Missão 1. Império Atlassyano.

NAI = Nave da Armada Imperial.
NIT = Nave Imperial de Transporte.
Grau 1 = Nível normal de operação.
Grau 2 = Maior prontidão, indicando a possibilidade de combate, mas não imediatamente.
Grau 3 = Maior prontidão possível sem colocar a nave em condição de combate, mas a possibilidade é iminente.
Grau 4 = Combate iminente, assumir postos de batalha.
Grau 5 = Batalha.

 

|Siga para a Alfândega|